quarta-feira, 21 de março de 2007

Eita vil metal...




Gentem que a Britney nunca foi muito certa da cachola todo mundo sabe, agora querer queimar dinheiro é um caso a parte neh, ela tá querendo ficar pobre di novo...alguem aí se habilita fazer cabaninha na frente da clínica onde ela está, com uma plaquinha "Paga eu"
Quem sabe ela num resolve o problema dela e o nosso...

Aiii só um pouquinho já resolvia meu problema...
Em certa medida o dinheiro pode ser perigoso quando a sua posse ou a luta pela sua posse se torna doentia, desde os mais vulgares roubos e assaltos a outrem até á ganância cega pela posse sem limite.
A grande escassez de liquidez também se torna um problema, principalmente quando a sobrevivência não está assegurada, havendo problemas de fome e doença associados. Nesses casos o drama é trágico.
Todos se lembram com certeza do velho "Tio Patinhas" e da sua caixa forte, esse é um caso grave de sovinice e de não aproveitamento do dinheiro para coisa nenhuma, apenas pela sua posse sem qualquer benefício para si ou para os outros. É um personagem exagerado, mas infelizmente baseado no mundo real e com grande número de adeptos.
Diz-se que o dinheiro não traz felicidade o que é bastante discutível, a sua escassez é trágica, o seu excesso pode ser doentio, a sua procura gananciosa.
A relação saudável com o dinheiro não tem a ver com este em si mas com a pessoa que o possui, logo nos casos onde não há escassez trágica a felicidade depende das pessoas.
Em caso de escassez grave o conceito de felicidade nem sequer se põe, todo o esforço está concentrado para a sobrevivência.
Eu particularmente me dou muito bem com o dito cujo, fomos feitos um para o outro...rs

Bju amores...

2 comentários:

Anônimo disse...

O que seria Paid I?

Lih Figueiredo disse...

Oi querido(a) anônimo,
seria Paga eu!!!...