quarta-feira, 28 de março de 2007

O CASO DA CALCINHA ANÔNIMA

Meus amores tô postando um dos maravilhosos contos de Lílian Maial pra quem ainda não conhece ficar conhecendo e pra quem já conhece se diliciar ainda mais um pouquinho...



O CASO DA CALCINHA ANÔNIMA (Lílian Maial)

- De quem é essa calcinha?

A pergunta de Flávia, em tom incisivo, pegou Paulo de surpresa.

- De que calcinha você está falando, mulher?

- Dessa aqui, essa vermelha, obscena, sexy e, ainda por cima, tamanho P!

Flávia há muito deixara de ser tamanho P. Fazia de tudo para não passar para o G apertando-se num M esgarçado e sempre de algodão e lycra, bem mais elásticas.

Paulo mostra-se tão surpreso quanto Flávia, exibindo uma tranqüilidade irritante:

- Olha, Flávia, você pode não acreditar, mas não faço a menor idéia de quem seja a dona dessa calcinha, muito menos o que ela faz no porta-luvas do meu carro. Você usou o carro ontem, deve ter colocado aí e nem se lembra.

- Você está de gozação comigo, né, seu filho de uma égua? Sabe muito bem que eu não uso tamanho P. Além disso, a calcinha sequer foi usada, está com etiqueta dessa loja caríssima, de lingerie, da qual eu nem passo perto.

Paulo não se deixava abater, e isso causava mais ansiedade em Flávia:

- Meu bem, é óbvio que eu não deixaria aí uma calcinha que não fosse sua. Não seria tão imbecil, a ponto de levantar suspeita, e de forma tão tola. Se eu quisesse presentear alguém com lingerie, mandaria entregar no endereço. Simples assim.

- Ah! Isso demonstra que você já fez isso antes, e não foi comigo!

Flávia estava quase aos prantos, mas sua indignação não a permitia derramar uma gota.

- Minha preciosa, nunca daria presente a mulher alguma, que não fosse você, muito menos lingerie. Sou tão desastrado, que certamente erraria o tamanho. Vê, nem sei o seu, que é minha mulher há tantos anos. Por falar nisso, tem certeza de que não é sua?

Flávia, quase que histérica, agarra a calcinha, a estica de todas as maneiras, coloca na frente de seu corpo vestido, mostrando a enorme diferença entre seu manequim e o da tal calcinha vermelha.

- Veja se pode ser minha, VEJA!

Estava desolada, pensando nos momentos tórridos usufruídos por seu marido, junto à tal “magricela que podia ser sua filha”. Seu coração estava aos cacos. Imaginava seu marido fazendo carícias íntimas na menina. Esta, gemendo, tremendo ao contato do corpo másculo de Paulo que, apesar de já ter mais de 45 anos, aparentava ter bem menos, graças à alimentação balanceada e a algumas horas de academia toda semana. Enquanto que ela, mais nova que ele, não vinha mantendo a mesma estética de 5 anos antes, em virtude de uns problemas de descontrole tireoideano, não obstante a medicação e os cuidados recomendados. Também não era muito afeita a academias, ainda mais depois que virou moda entre as meninas perfeitas.

Ela já estava vendo o fim do casamento, percebendo-se descartável, desinteressante e traída, quando Marcos, seu filho mais velho, arranca a calcinha de sua mão e dá-lhe uma bronca “daquelas”:

- Por que você tirou a calcinha da Bebel do porta-luvas? Era surpresa! Agora está toda esticada, com cheiro de comida, feia. Paguei uma nota por ela e não vou ter coragem de presentear a minha gata.

Marcos não sabia, mas havia tirado um peso tão grande dos ombros de sua mãe, que esta, sem titubear, “pagou” o mesmo valor pela tal calcinha, com um enorme sorriso nos lábios, que o filho, atordoado, não entendeu a razão.

Para completar, Paulo abre a carteira e pede ao filho para trazer, também, uma semelhante, só que no tamanho G, da mesma cor e modelo, olhando para Flávia com ar de cumplicidade.

Até hoje Marcos não entende o motivo de sua mãe ter emagrecido tanto, ter mudado o guarda-roupa, ter ficado mais jovial, e da calcinha que seria de Bebel, tamanho P, estar pendurada na moldura do espelho do quarto de seus pais até hoje.

domingo, 25 de março de 2007

Ôba... Dia da receita



Essa receita é secretíssima, coisa de família mas faço questão de compartilhar com vcs...

Nhoque de Batatas

Misture 1 Kg de batatas cozidas e amassadas com
2 gemas
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sobremesa de sal
2 xicaras de farinha de trigo aproximadamente ou até que a massa tome consistência firme.
Não trabalhe nem sove muito a massa, dá aquela misturadinha básica e coloque na nhoqueira, diretamente na panela com água já fervente, assim que subir as bolinhas está prontinho pra levar o seu molho de preferência...
Sirva com queijo ralado se preferir.

Rende 6 porções

Aqui em casa sempre triplico a receita, e todos se fartam.
Um ótimo domingo a todos.

uma rapidinha


...De que adianta ir ao encontro da luz,
se ela pode ofuscar os olhos
e mostrar uma verdade indesejada...
(Lih Figueiredo)

sábado, 24 de março de 2007

300



Aiii aiii Xerxes (Sercsis) trezentos é pouco...

Gentem essas bijux não são o Ó do borogodó...ai que inveja...

Dá-lhe Rodrigão, com 3 metros de altura, malvado e purpurinado..uma loucura.

É esperar pra conferir.

Um ótimo fds pra todos.

quinta-feira, 22 de março de 2007

Como criança


COMO CRIANÇA

Fafá Lima

Como criança
Queria ter asas da imaginação
Voar no infinito, nas nuvens de algodão.
Libertando a imaginação.

Não me preocuparia
Com o futuro
Nem com o amanhã.

Encontraria na magia
A alegria dos meus dias
Vivendo em minhas fantasias.

Como criança
Viveria em um mundo
De sonhos e encantos
Com igualdade e liberdade.


Aiiii que sdd da minha infância...

quarta-feira, 21 de março de 2007

Eita vil metal...




Gentem que a Britney nunca foi muito certa da cachola todo mundo sabe, agora querer queimar dinheiro é um caso a parte neh, ela tá querendo ficar pobre di novo...alguem aí se habilita fazer cabaninha na frente da clínica onde ela está, com uma plaquinha "Paga eu"
Quem sabe ela num resolve o problema dela e o nosso...

Aiii só um pouquinho já resolvia meu problema...
Em certa medida o dinheiro pode ser perigoso quando a sua posse ou a luta pela sua posse se torna doentia, desde os mais vulgares roubos e assaltos a outrem até á ganância cega pela posse sem limite.
A grande escassez de liquidez também se torna um problema, principalmente quando a sobrevivência não está assegurada, havendo problemas de fome e doença associados. Nesses casos o drama é trágico.
Todos se lembram com certeza do velho "Tio Patinhas" e da sua caixa forte, esse é um caso grave de sovinice e de não aproveitamento do dinheiro para coisa nenhuma, apenas pela sua posse sem qualquer benefício para si ou para os outros. É um personagem exagerado, mas infelizmente baseado no mundo real e com grande número de adeptos.
Diz-se que o dinheiro não traz felicidade o que é bastante discutível, a sua escassez é trágica, o seu excesso pode ser doentio, a sua procura gananciosa.
A relação saudável com o dinheiro não tem a ver com este em si mas com a pessoa que o possui, logo nos casos onde não há escassez trágica a felicidade depende das pessoas.
Em caso de escassez grave o conceito de felicidade nem sequer se põe, todo o esforço está concentrado para a sobrevivência.
Eu particularmente me dou muito bem com o dito cujo, fomos feitos um para o outro...rs

Bju amores...

segunda-feira, 19 de março de 2007

e lá se vai o verão...

Olá meus amores,

Mas uma semana começa, trabalho demais, descanso de menos.

Tudo bem que esse fds rendeu uma balada, mas fiquei ainda mais cansadaaaaa,
num tenho mais disposição pra essas coisas viu!!!
Essa moçada num sabe o que é curtir, ai que sdd que me deu das domingueiras dançantes do BAC, nada de putz putz, só queria curtir de novo New Order, A-Ha, U2, Capital Inicial, Titãs, Rpm, Cindy Lauper, Nina Hagen, Paralamas so sucesso, Queen, Roxette, Simply Red, Ultrage a rigor, Kid Abelha...ahhh num é pedir muito neh?
Open bar de vodca e a moçada caindo pelos cantos, nada de xaveco, já chega beijando, sem saber o nome, de onde veio, o que faz da vida, uma loucura...
Saí de lá com uma dor de cabeça daquelas.
Mas aí no domingo fiz um almocinho gostoso, chamei o meu véinho, pq mainha tá curtindo uma prainha e ele como sempre preferiu ficar cuidando do papagaio, do cachorro, da casa.
Fiz um peixinho delicioso, vou passar a receita pra vcs experimentarem:


Peixe recheado com farofa de camarão

Ingredientes: (4 pessoas)
1 peixe(tainha, robalo, badejo ou pescada) de aproximadamente 1,200kg
1 limão
Azeite
1 e 1/2 xicara de chá de farinha de mandioca ou de milho
2 tomates maduros
1 cebola pequena
250grs de camarão médio ou pequeno
1/2 maço de salsinha
1 pimenta fresca dedo de moça
Sal

Preparo:
Peça ao peixeiro, para abrir o peixe pelas costas e retirar a espinha dorsal, lave-o em água corrente a fim de retirar qualquer escama ou víscera que tenha ficado durante a limpeza, tempere-o com sal e metade do limão e prepare a farofa.

Retire a pele do tomate através do nosso método da água fervente e água gelada, corte-o em cubos grandes. Descasque e corte a cebola em cubos também. Leve a frigideira ao fogo, refogue a cebola em azeite, junte o camarão, o tomate, a pimenta cortada em tirinhas, esprema a outra metade do limão, coloque mais um pouco do azeite e em seguida a farinha, mexa bem, junte mais azeite se necessário, afim de que a farofa fique bem úmida, coloque a salsinha picada e tempere a gosto.

Recheie o peixe com a farofa, embrulhe-o em papel alumínio, leve ao forno quente por aproximadamente 15 ou 20 minutos. Sirva com arroz branco, batata soute e salada.

Bom apetite!

Ahhh e a tardinha fui no niver da bombonzinha mais diliciosaaa a Tiffany, e aí aproveitei a reunião em família pra conhecer o lindo Arthur pessoalmente.




*** Uma maravilhosa semana para todos ***

quarta-feira, 14 de março de 2007

Tudo na vida vira poesia...




Genteee quanta atribulação num começo de semana, ontem meu dia ficou cinza, saí cedo de casa e minha pincher amada saiu sassaricar e como ela num me abedece msm, num adiantou eu chamar, como ela tá acostumada por aqui fui fazer o que tinha que ser feito e qdo cheguei tinha certeza que ela estaria de volta, como de costume.
Passou a tarde e nada, toca eu ir chorando fazer anúncio no jornal, pois ela sempre anda com coleirinha de identificação, achei que me ligariam assim que encontrassem.
Deu 18:00 hs e nada, qdo eu pra lá de desesperada atendo o telefone, uma moça do outro lado da cidade dizendo que encontrou minha pequena....aiiii que alívio, com aquela mistura de ansiedade, na mesmo minuto saí pra pegá-la, chegando lá o menino tinha deixado o portão aberto e ela tinha escapado novamente...ahhhh marido herói que eu amu muito foi atrás e não desistiu até achá-la no meio do matagal, "mateiro" como as crianças disseram que ela havia se metido, toda suja e exausta.
Agora num deixo mais ela sair sozinha, valeu o susto.
Não saberia viver sem minha Zilú....aii aiii

Fal parabéns pelos 5 anos, e que venham mais 100...

Liginha amei ler vc novamente ♥.

Vai uma poesia aí?

Pra mim todo dia é dia de poesia, pra falar de amor, paixão, saudade, pra expressar dor, insatisfação, enfim pode ser em verso rimado ou não, o que interessa msm é poetizar, então vamos em homenagem a Castro Alves...


Fé, esperança e caridade


Eram três anjos - e uma só mulher
QUANDO A INFÂNCIA corria alegre, à toa,
Como a primeira flor que, na lagoa,
Sobre o cristal das águas se revê,
Em minha infância refletiu-se a tua...
Beijei-te as mãos suaves, pequeninas,
Tinhas um palpitar de asas divinas...
Eras - o Anjo da Fé! ...


Depois eu te revi... na fronte branca,
Radiava entre pérolas mais franca,
A altiva c'roa que a beleza trança!...
Sob os passos da diva triunfante,
Ardente, humilde, arremessei minh'alma,
Por ti sonhei — triunfador — a palma,
Ó — Anjo da Esperança!... —


Hoje é o terceiro marco dessa história.
Calcinado aos relâmpagos da glória,
Descri do amor, zombei da eternidade!...
Ai, não! - celeste e peregrina Déia,
Por ti em rosas mudam-se os martírios!
Há no teu seio a maciez dos lírios...
Anjo da Caridade!...

quinta-feira, 8 de março de 2007

...Simplesmente Mulher...



No princípio eu era a Eva
Criada para a felicidade de Adão
Mais tarde fui Maria
Dando à luz aquele
Que traria a salvação
Mas isso não bastaria
Para eu encontrar perdão.
Passei a ser Amélia
A mulher de verdade
Para a sociedade
Não tinha a menor vaidade
Mas sonhava com a igualdade.
Muito tempo depois decidi:
Não dá mais!
Quero minha dignidade
Tenho meus ideais!
Hoje não sou só esposa ou filha
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou caminhoneira, taxista,
Piloto de avião, policial feminina,
Operária em construção...
Ao mundo peço licença
Para atuar onde quiser
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!!!

quarta-feira, 7 de março de 2007

...Turbilhão...



As vezes deitamos em nossa cama
Dormimos um sono agradável.
E quando acordamos tantas coisas mudaram!
Encontramos tudo remexido, bagunçado.
Nem ao menos podemos por os pés no chão...
Perdidos em nosso próprio espaço,
Procuramos respostas e ninguém as tem!
Procuramos saídas e parece que são inexistentes!
Uma sensação de desespero parece querer tomar o coração.
Dúvidas, incertezas, sentimento de impotência.
Diante da vida, diante de fatos de acontecimentos.
É como se uma alta onda, do grande mar da vida quisesse nos cobrir.
É como se a fúria das ondas
Em uma grande tempestade em alto mar quisesse nos engolir.
Mas já parou pra pensar que essa não é a primeira vez?
Quantas ondas se levantaram?
E com a mesma intensidade baixaram e estamos aqui!!!!
Se olharmos para trás iremos ver que
muitas grandes ondas nos cobriram
e mesmo parecendo sem forças conseguimos remar.
Muitas vezes contra a correnteza!!!
Naquele momento parecia que íamos naufragar,
Mas aqui estamos novamente pra novas ondas enfrentar.
E todas elas nos deixaram uma lição,
Um aprendizado...
Uma experiência...
Portanto seja qual for a onda que se levantou,
Reaja!!!
Persista!!!
Não desista!!!
Essa é apenas mais uma onda da vida!!!
E toda tormenta do mar tem hora pra levantar
Mas também tem hora de baixar!!!
E em breve o céu clarificará!!!
O vento em brisa se transformará!
É o sol com seu raios dourados
Sua pele acariciará!!
E toda essa tormenta apenas estará na lembrança!
No passado, na memória!!!
E lembre-se:

Tudo passa ... tudo ficará bem.

domingo, 4 de março de 2007

Ôba......dia da receita


Essa receita é super prática pra quem tem berinjela dentro da geladeira e não tem muita noção do que fazer com ela... levinha, saudável e saborosa.
Tomem nota:

Berinjela a Napolitana


Ingredientes

2 berinjelas médias cortadas em rodelas
1 dente de alho amassado
1 cebola grande cortada em rodelas
4 tomates cortados em rodelas
2 colheres (sopa) de caldo granulado de galinha (ou 2 tabletes esfareladinhos)
2 folhas de louro (pode ser louro em pó)
½ xícara de azeitona preta, sem caroço
½ xícara de azeite

Modo de fazer

Numa forma refratária, arrume os ingredientes em camadas, pela ordem. Termine com uma camada de tomate e regue tudo com o azeite. Cubra com papel de alumínio e leve ao forno médio (175º C), por 1 hora e 15 minutos. Sirva em seguida.

Acompanhe com um bom vinho branco e arroz.


Curiosidades sobre a berinjela

A berinjela é um alimento de fácil digestão e pode ser consumida com casca ou sem. Mas, após ser descascada, escurece se não for imediatamente mergulhada em água, junto com um pouco de sal, vinagre ou limão.
Elas são bem saudáveis e pertencem à mesma família do tomate, batata e pimentão. Existem mais de 2.500 espécies de berinjela, sendo as mais conhecidas de cores brancas, verdes e violetas.
A berinjela é um dos membros da família Solanaceae, com frutos brancos ou pretos de forma oval ou elíptica e folhas verde-púrpura a roxo. A parte comestível são os frutos. Originária da Índia, atualmente é plantada em todo o mundo.
Estudos comprovaram que a berinjela apresenta ação hipocolesterolêmica, reduzindo os níveis de colesterol sangüíneo. Apresenta também atividade antioxidante, auxiliando na redução ao risco de doenças cardiovasculares.
Vale a pena saber que berinjela absorve quatro vezes mais gordura que a batata frita. Então é preciso saber preparar à milanesa, pois senão fica gorduroso e pouco saudável. É bom usar óleo limpo e deixar escorrer bem.

Então dá-lhe berinjela...

sexta-feira, 2 de março de 2007

Eclipse da lua



Gente hj eu tô quebrada...literalmente


Ontem baixou a Cremilda em mim, eita essa entidade num me pertence, inventou de fazer aquela faxina sabeh, de por tudo na chom...tudo ao som de Cindy Lauper/ A Night to remember.
Tive que cantar a bessa pra ela subir soh que a dita deixou meu corpo moidinho...
sabia que esse ócio ainda ia me dar trabalho sô.

Ai depois inventei de aproveitar a liquidação da Fallaci e acabei de quebrar de vez...

Ahhhhcabou a novela do maneco, acho que ele vai precisar daquela advogada pra se livrar de tanto processo por atraso de capítulo... mas até que gostei do finalzim,
aliás tô louca pra ler o ultimo capítulo das páginas re re re lidas da Falzinha

Ô gente esse findi tem eclipse, muito cuidado com esse escurinho,
pra quem quer acompanhar achei essa tabelinha >>>

3-4 de março de 2007 - eclipse lunar total




Momento do coração....

Olha soh que coisinha mais fofa que a Gaby me escreveu hj...
Aiiii que saudadona viu!!!

Mais que mais que amuuuuuuuuuuuuuuuuuu vc.♥♥♥


"Existem várias formas de dizer "EU TE AMO":
Diamante Negro
Palitinhos de gergilim com pasta primavera
Trident
Pão com queijo e geléia de goiabada
Pipoca com Sazom
Filme na Madrugada
Montanha russa!! na madrugada
Esconder BIS de vc msma, achar e comer td depois
Encolher os dedinhos do pé qdo usa o rodo
Shopping no meio da semana
Passear no mercado depois das 23h
Cantar bem alto no carro e comer confeti do sacão
Colocar uma plataforma e se achar no topo do mundo
Sorvete no pote...
Então a gente vive dizendo EU TE AMO, muitas vezes sem perceber, mas além de todas essas variadas formas q a gente costuma usar com frequencia, não custa sempre recorrer ao bom e velho dito EU TE AMOOOOOOO tantoooo e pra sempreeee e muittoooo...
Beijos, Beijinhos e Beijocas miiiiiiiiiiilllll "


Gente depois dessa declaração vou nanar e sonhar com anjos....
de sunguinha aliás....pq eu mereço vai!!!!

Um ótimo eclipse pra todos.