Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2008

Bodas de água marinha

Imagem
Dezenove anos somando amor...

Súplica de amor

Aqui estou, ouvindo o barulho da madrugada, do tic tac do relógio, do apito do vigilante noturno, do toc toc do teclado e tentando de alguma forma entender as dores do mundo, as dores de quem não merece sentir, daqueles que só mereciam ver o céu azul, o sol brilhando no rosto e que estão enfrentando tempestades e escuridão, fico sem entender certas coisas, o porque de tanto sofrimento, tanta dor desnecessária... E no meio da procura, sempre vem alguém dizer que a gente aprende com as dores. Aprende a ser mais forte. A dar mais valor na vida. Que vida é essa? Dor só serve pra deixar a vida da gente mais amarga, mais sombria...
Compensaria viver se fosse extinta a dor...
E que nesse mundo só reinasse o amor, só o amor.
Imagem
"Homens Maduros...

Há uma indisfarçável e sedutora beleza na personalidade de muitos homens que hoje estão na idade madura.
É claro que toda regra tem as suas exceções, e cada idade tem o seu próprio valor.Porém, com toda a consideração e respeito às demais idades, destacaremos aqui uma classe de homens que são companhias agradabilíssimas: os que hoje são quarentões e cinquentões.
Percebe-se com uma certa facilidade, a sensibilidade de seus corações, a devoção que eles tem pelo que há de mais belo: o sentimentalismo.
Eles são mais inteligentes, vividos, charmosos, eloqüentes. Sabem o que falam, e sabem falar na hora certa. São cativantes, sabem fazer-se presentes, sem incomodar. Sabem conquistar uma boa amizade.
Em termos de relacionamentos, trocam quantidade pela qualidade, visão aguçada sobre os valores da vida, sabem tratar uma mulher com respeito e carinho.
São homens especiais, românticos, interessantes e atraentes pelo que possuem na sua forma de ser, de pensar, e de…

sessão descarrego.

Eu já tinha me esquecido o quanto eu odeio o sábado...
Alguém ou alguma coisa me fez odiar,
foi no passado, continua no presente...

Ana Júlia chegou...

Imagem
Nasceu nessa madrugada a princesa Ana Júlia, filha da minha amiga Chris e do Bonetti...Ela é linda, pequenina e delicada, daqui a pouco estarei lá na maternidade pra ficar de acompanhante com elas e trocarmos figurinhas... A nossa vida começa a ter mais sentido a partir do nascimento dos filhos...Agora sim cada minuto vale a pena.

Essa é pra minha mãe.

Ser Mãe...

Imagem
Ser mãe é receber um cartão lindo, com formato de coração, com seu desenho e o dele de mãos dadas declarando o seu amor e lá dentro os seguintes dizeres:

"Mamãe só quero que você saiba que você é a melhor mãe do mundo. E se fosse pra ter nascido da barriga de outra mulher eu preferia nem ter nascido, te amo muito..."

...

É escutar por mais de uma semana porque você não marcou horário pra ela na depiladora...

...

É ver os dedinhos te intimidando por ter passado da hora de começar o almoço e ver nos seus olhinhos a preocupação de chegar atrasada na escola.

...
É olhar pra cada rostinho feliz e se sentir a mulher mais especial e realizada desse mundo...

De pandora ao resto do mundo... Do resto do mundo a...

O dualismo persa sempre reinou em diversas culturas e continua a reinar, trazendo consigo a sua esperança de que o bem sempre vencerá o mal. E quando ocorre esse dualismo às avessas?A cada notícia na TV ou em qualquer outro meio de comunicação pode ser vista a inversão de papéis dessa copiada e milenar característica cultural, fragilizando e emocionando muitos.Mas afinal o que realmente ocorre? Uma busca desenfreada por sobrevivência tornando mesmo o homem lobo do homem, o verdadeiro leviatã? Ou mostrando a bipolaridade humana, uma hora médico outrora monstro?Talvez seja uma junção de tudo isso e um pouco mais. E é o que de fato instiga, o como não saber explicar atrocidades cometidas diariamente ao redor do planeta.A violência, em suma, é instintiva, todo mundo carrega em si a maldade, sua caixinha de Pandora onde habita os males do mundo. Mas o problema não está nos portadores das maiores caixinhas e sim naqueles que sucumbem a ela... A diferença é construída aos poucos, desde um bo…

Pão de farinha láctea (receita para máquina de pão)

Imagem
Dias atrás resolvi fazer um pão para servir no café da manhã, como sou fera em planejamento de receitas fui colocando os ingredientes na fôrma da máquina sem ver se tinha o suficiente para a tal, quando dei por mim ví que a farinha não dava...(e agora?)
Abri o armário e nada de encontrar um saquinho de farinha de trigo perdido... hum...vamos ver...tinha farinha de rosca...acho que não vai ficar bom
farinha de mandioca... ahh tbem não... farinha de milho... não só tem um tiquinho e eu vou comer logo mais com leite antes de dormir...
Quando num estalo abro o armário das latas e vejo bem na minha frente a gostosa, saborosa farinha láctea... yes... vai ela mess... coloquei o copo que faltava e programei a máquina para que a experiência ficasse pronta bem cedinho.
Resultado, um pão pra lá de macio, nutritivo e deliciosoooo...marido e as crianças aprovaram.
Lógico que não podia deixar de dividir a experiência com vocês, voalá...

Pão de Farinha Láctea (900 g)

310 ml de água (eu dei uma aquecidinh…

Primeiro de maio

Hoje a nostalgia tomou conta do meu ser, passei o resto da tarde revendo os momentos gravados naquelas pequenas fitas.
Tantos momentos mágicos, tanta coisa vivida, muitas lembranças felizes...tempo que não volta mais... mas que por horas me fez reviver...
Senti cheiro, recordei expressões, corei de vergonha com a dança inusitada, amamentei, mimei, troquei fraldas, dei papinha, embalei pra dormir, beijei, abracei, me emocionei.
Estranhei a altura do cós do jeans, a estampa das roupas, o corte dos cabelos, a maçã do rosto, o tamanho do biquini, a medida da cintura, o piso da cozinha.
A mesma casa... a mesma sala... sem os personagens principais.
Hoje por alguns minutos estivemos todos juntos novamente...


***

Lucas passando pela sala pergunta:

- Mãe eu já estou nessa fita?
- Não meu amor, essa fita é de 1996, você nasceu em 1998 lembra?
- Ah então não vou assistir...Minha vida não existe sem mim.