quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Eu não sei em que parte da minha vida eu aprendi a ficar assim tão amarga...
tem hora que nem eu me reconheço...
Tô sentindo falta do meu sorriso.
As vezes fica difícil ouvir a verdade,
ainda mais quando vem de pessoas que a gente tanto ama.
Eu não sei mais brincar...eu não tenho mais paciência.
Ser adulto é complicado... sinto falta da ingenuidade da minha infância.
Aliás acho que foi isso que eu perdi no meio do caminho...
minha ingenuidade...junto com ela minha doçura...
Sinto, mas acho que ela não volta nunca mais.

Nenhum comentário: