O Rio chora a sua falta

e a gente se sente orfã... desamparada das suas palavras...



"Só tenho uma certeza inabalável: a certeza absoluta de que na vida, certezas não existem, só existem dúvidas, mas, que são exatamente elas - as dúvidas - que nos fazem arriscar e nos levam ao caminho do aprendizado, do conhecimento e de alguma sabedoria..."

Comentários

adelaide amorim disse…
Eliane deixou um vazio no mundo dos blogs e entre os amigos. Um lugar que era só dela, uma personalidade forte e um grande talento. Beijo grande pra você.

Postagens mais visitadas deste blog

Quarenta e quatro primaveras...

Pão de farinha láctea (receita para máquina de pão)

Cuscuz de Abobrinha